(11) 2440-5907

Tratar as cáries resolve o problema das cáries?

Vou fazer uma analogia fora da Odontologia: Imagina que você está dirigindo seu carro e de repente acende uma luz vermelha no painel. Opa, alguma coisa está errada, você logo pensa. Vai à concessionária, ao mecânico ou para no posto e logo vem o “diagnóstico”: está faltando 1 L de óleo! Ah, beleza, você autoriza colocar o óleo, a luz apaga e você vai embora feliz e sossegado, problema resolvido. Passa uma semana e a luz acende de novo. Você volta ao lugar onde “resolveu” o problema e novamente coloca óleo no motor. Passa mais uma semana e a luz acende novamente…Perai, temos um problema maior aqui. Acender a luz é consequência do nível do óleo baixar, porém isso também é consequência, de um vazamento no motor. Enquanto o vazamento não for arrumado, não adianta colocar óleo no carro. É preciso para não fundir o motor, mas colocar óleo não arruma o vazamento, pois estaremos tratando as consequências, não a causa. É a mesma coisa quando pensamos na cáries, muitas vezes os pais chegam ao consultório com a necessidade de tratar as cáries dos filhos. Imaginam que isso resolverá o problema. Porém, como no caso do vazamento de óleo, tratar as cáries é necessário, mas não resolve o problema. Precisamos identificar e tratar  causa do problema, para assim conseguirmos resolver definitivamente! E quais são as causas? Quando uma criança tem cárie, temos um desequilíbrio entre dieta e higienização. É um desequilíbrio entre o que a criança come (fatalmente tem açúcar, principalmente em alta frequência) e como é a rotina de higienização. Se não mudarmos esse desequilíbrio, não conseguiremos resolver o problema e ficaremos tratando as consequências (cáries) para sempre. Então, converse com o Odontopediatra para saber as causas e dar uma solução efetiva para manter a Saúde Bucal do seu filho 😉

Sem Comentário

Deixe seu comentário

-->