(11) 2440-5907

Carta de um bebê para seus futuros pais

Muito obrigado por me escolherem!! Gostaria de dar algumas dica que vão ajudar muito na minha saúde e no nosso relacionamento 😉

  • Mamãe, não coma muito açúcar durante minha gestação! Sei que a ansiedade vai aumentando e o estômago diminuindo, por isso você comerá menos a cada vez, mas vai aumentar a frequência de ingestão. E é normal querer comer mais doces e açúcares. Mas isso pode causar mais cáries em você e também pode fazer com que eu tenha mais vontade de comer açúcar quando nascer.
  • Faça as consultas de pré-natal odontológica também. Seu dentista vai te dar várias dicas e informações importantíssimas e que você nem sabia que existiam, que vão ajudar muito na minha gestação. Cuidando da sua saúde bucal também pode evitar que eu nasça antes do tempo ou com baixo peso!
  • Não precisa limpar minhas “gengivas” enquanto meus dentinhos não nascerem. Só depois de eles estarem na boca que vocês precisarão escovar. Aí tem que ser com escova e pasta com flúor, desde sempre.
  • Não me deem doces até eu completar 3 anos, ou pelo menos até os 2 anos. Como eu nunca experimentei, não sei a diferença entre um suco com ou sem açúcar. E o meu paladar está em formação, então é muito bom para minha saúde bucal e geral, que eu não coma muito açúcar, que é o grande vilão quando falamos de cáries!
  • Me acostumem a higienizar os dentes desde cedo, pois isso fará que eu tenha esse hábito por toda a vida! Pasta, escova e fio dental serão meus companheiros a vida toda. Não ficarei traumatizadx se vocês escovarem meus dentes, mesmo que eu não demonstre colaboração. É muito importante que vocês façam o que é o melhor, o certo, independente de eu saber ou querer. Com saúde e segurança não negociem e não cedam às minhas possíveis resistências.
  • Cuidado com crenças e opiniões sem embasamento científico. Procurem sempre a opinião de quem entende do assunto. É melhor, acreditem em mim!
  • Papai, ajude SEMPRE a mamãe, mesmo que ela não peça. Gosto muito de ver e sentir que você se preocupa e se esforça por nós!
  • E assim que possível, procurem um odontopediatra para serem instruídos e treinados sobre minha saúde bucal. Não precisam esperar os dentes nascerem. Ou pior, não pensem que os dentes de leite não precisam ser tratados pois irão cair, ou que não doem, ou que não tem raíz. Dos 6 aos 12 anos terei dente de leite JUNTO com dente permanente. Se tiver cáries nos dentes de leite, pode passar para os permanentes. É a mesma bactéria que ataca os dois!

 

Sem Comentário

Deixe seu comentário

-->